Complexos - Complexo Eólico Fortim
O Complexo


 
Complexo Eólico Fortim
Município
Fortim
Estado
Ceará
Número de Parques Eólicos
5
Ponto de Conexão ao SIN
Russas II
Tensão da linha de Transmissão
230 kV
Extensão da Linha de Transmissão
69 Km
Potência Instalada
123 MW

Histórico do Município do Projeto - FORTIM
Em suas origens, consta como fruto da Proto-História do Ceará, tendo sido fundado por Pero Coelho de Souza, quando de sua malograda Expedição de 1603. No itinerário Paraíba-Ibiapaba e por conveniência de ordem regimental, baixou em acampamento exatamente nessa parte costeira, demorando-se o tempo necessário ao engajamento de tropas indígenas locais.

Por ocasião do retorno, miseravelmente abatido e destroçado, acampou no mesmo local, conduzindo apenas dezoito soldados mancos. Desolado, buscou o itinerário que o levaria à Paraíba, onde esperava encontrar apoio. Sem nada conseguir, retornou ao ponto de origem trazendo em sua companhia D. Maria Tomázia, sua mulher e cinco filhos menores. Fundou, então ou denominou o precedente Forte São Lourenço de Forte Nova Lisboa ou Nova Lusitânia.

Ao cabo de algum tempo e sem esperanças de apoio, resolveu buscar a Fortaleza dos Reis Magos, onde certamente seria acolhido. Deixou como lembrança histórica, além do Forte, algumas peças de artilharia, nascendo desse desastre o lugar posteriormente crismado de Fortim.

Fonte: IBGE
 
Informações Administrativas do Projeto
As Geradoras Eólicas foram autorizadas como Produtoras Independentes de Energia Elétrica, mediante a implantação e exploração das Centrais Geradoras Eólica denominadas EOL Energia dos Ventos V, EOL Energia dos Ventos VI, EOL Energia dos Ventos VII, EOL Energia dos Ventos VIII, EOL Energia dos Ventos IX, conforme as respectivas Portarias; Portarias: nº 432 de 17 de julho de 2012 459 de 08 de agosto de 2012, nº 458 de 08 de agosto de 2012, nº 446 de 25 de julho de 2012, nº 409 de 05 de julho de 2012.

Informações Técnicas do Projeto
O local selecionado para implantação do Complexo Eólico de Fortim possui cerca de 2365 hectares e apresenta condições bastante favoráveis para geração de energia eólica, com médias de velocidade de vento variando entre 6,60 a 8,10 m/s ao longo dos meses do ano, o que permitirá atingir uma boa produção anual.

O Complexo é composto por 5 parques eólicos, denominados Parque Jandaia (27 MW), Parque São Clemente (21 MW), Parque Jandaia I (24 MW), Parque Nossa Senhora de Fátima (30 MW) e Parque São Januário (21 MW) totalizando 41 aerogeradores de 3 MW e 123 MW de potência total instalada. Os referidos parques são interligados por meio de uma rede de distribuição de 34,5 KV à subestação elevadora SE Jandaia que escoará a energia gerada ao Sistema Interligado Nacional – SIN por meio da Linha de Transmissão em 230 KV, denominada LT Jandaia – Russas II com extensão de 69 Km até o ponto de conexão na SE Russas II.

Banco Financiador


 
 
Registro em Vídeo

Nota: Vídeos cedidos pela Empresa Dois A, contratada para a execução das obras civis do Complexo Eólico Fortim.



Registro Fotográfico

Abaixo é apresentado o registro fotográfico do Complexo Eólico Fortim. Clique na foto para ver o álbum completo.

 

 
  Rua Prof. Álvaro Rodrigues, nº 352 – 7º andar
  Botafogo - CEP 22280-040 - Rio de Janeiro - RJ
  Tel.: +55 21 3613-0100


Brasil Ventos - Subsidiária de Furnas © Todos os direitos reservados


SSL








Abertura do Site
Central de Editais
Notícias
Fale Conosco
A Brasil Ventos
  » Quem Somos
» Missão, Visão e Valores
» Diretoria Executiva
» Conselhos de Administração e Fiscal
» Ato de Criação
» Estatuto Social
» Códigos, Manuais e Políticas
Complexos
  Complexo Eólico Acaraú
  » O Complexo
» Diretoria Executiva
» Conselho Fiscal
» Ato de Criação
» Estatuto Social
Complexo Eólico Famosa III
  » O Complexo
» Diretoria Executiva
» Conselho Fiscal
» Ato de Criação
» Estatuto Social
Complexo Eólico Fortim
  » O Complexo
» Diretoria Executiva
» Conselho Fiscal
» Ato de Criação
» Estatuto Social
Complexo Eólico Itaguaçu da Bahia
  » O Complexo
» Diretoria Executiva
» Conselho Fiscal
» Ato de Criação
» Estatuto Social
Contratos
  Contratos 2018
  » Contrato CT.BVE.001.2018
» Contrato CT.BVE.002.2018
» Contrato CT.BVE.003.2018
» Contrato CT.BVE.004.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.006.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.008.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.009.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.010.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.011.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.012.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.013.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.014.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.016.2018
Contratos 2017
  » Contrato CT.BVE.001.2017
» Contrato CT.BVE.002.2017
» Contrato CT.BVE.003.2017
» Contrato CT.EDV.ADM.0002.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.001.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.002.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.003.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.004.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.005.2017
» Contrato CT.EDV.T.0006.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.007.2017
Contratos 2014
  » Contrato EDV-DT 002/14
Publicações
  Brasil Ventos Energia
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Complexo Fornin
  Energia dos Ventos V
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Energia dos Ventos VI
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Energia dos Ventos VII
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Energia dos Ventos VIII
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Energia dos Ventos IX
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Complexo Famosa III
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Complexo Acaraú
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Complexo Itaguaçu da Bahia
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos