Complexos - Complexo Eólico Acaraú
O Complexo


 
Complexo Eólico Acaraú
Município
Acaraú
Estado
Ceará
Número de Parques Eólicos
3
Ponto de Conexão
Acaraú II
Tensão da linha de Transmissão
230 kV
Extensão da Linha de Transmissão
6 Km
Potência Instalada
70 MW
Histórico do Município do Projeto
Os primeiros habitantes, fundadores de Acaraú, eram pescadores vindos do Sul. Atraídos pela fartura dos barcos pesqueiros, instalaram-se inicialmente no lugar denominado Presídio, transferindo-se mais tarde para melhor situação, em local mais seguro, ao fundo do delta formado pelo rio Acaraú.

No longo período da Guerra Holandesa, o interior do Ceará começou a receber população de origem portuguesa. Muitas famílias tiveram de abandonar o litoral para viver nas matas, ocupando-se de plantações, ou no sertão, criando gado. Fundaram-se então as primeiras fazendas de criação no alto do sertão da Bahia, Sergipe, Pernambuco e Paraíba. Desta origem são as famílias que primeiro se estabeleceram na Bacia do Acaraú. A esses pescadores vieram juntar-se os criadores, que estabeleceram-se com os seus gados na ribeira do Acaraú. Estes foram os primeiros habitantes do município.

Origem do topônimo: palavra indígena, composta de Acará (garças) e Hu (água), significando Rio das Garças.

Com população atual estimada em 60.684 habitantes distribuídos em 842 km², Acaraú possui uma densidade demográfica de 68,31 hab/km² e um PIB per capita (dados de 2011) de R$ 6.4220,97.

Fonte: IBGE
 
Informações Administrativas do Projeto
As Geradoras Eólicas foram autorizadas como Produtoras Independentes de Energia Elétrica, mediante a implantação e exploração das Centrais Geradoras Eólica denominadas EOL Santa Rosa, EOL Uirapuru e EOL Ventos de Angelim, conforme as respectivas Portarias; Nº 548, de 09 de outubro de 2014, Nº 549, de 10 de outubro de 2014, Nº 616, de 17 de novembro de 2014. As referidas portarias foram emitidas pelo Ministério de Minas e Energia instituindo como obrigação das geradoras a entrega da energia estabelecida na Garantia Física até 10 de novembro de 2017.
Informações Técnicas do Projeto
O local selecionado para implantação do Complexo Eólico de Acaraú possui cerca de 648 hectares e apresenta boas características para geração de energia eólica, observa-se na região uma variabilidade da média velocidade dos ventos alternando de 6,00 a 10,80 m/s ao longo dos meses do ano, o que permitirá atingir uma boa produção anual.

Conforme indicado nas Portarias do MME, o Complexo Eólico será composto por por 3 parques, totalizando 35 aerogeradores e 70 MW de Potência Nominal. Os referidos parques serão interligados por meio de uma rede de distribuição de 34,5 KV à subestação elevadora SE Santa Rosa que por conseguinte escoará a energia gerada ao Sistema Interligado Nacional – SIN através da Linha de Transmissão de 230 KV, esta denominada LT Santa Rosa – Acaraú II que terá uma extensão de aproximadamente 7 Km até o ponto de conexão, SE Acaraú II.


 
 
Registro Fotográfico

Abaixo é apresentado o registro fotográfico do Complexo Eólico Acaraú. Clique na foto para ver o álbum completo.

 

 
  Rua Prof. Álvaro Rodrigues, nº 352 – 7º andar
  Botafogo - CEP 22280-040 - Rio de Janeiro - RJ
  Tel.: +55 21 3613-0100


Brasil Ventos - Subsidiária de Furnas © Todos os direitos reservados


SSL








Abertura do Site
Central de Editais
Notícias
Fale Conosco
A Brasil Ventos
  » Quem Somos
» Missão, Visão e Valores
» Diretoria Executiva
» Conselhos de Administração e Fiscal
» Ato de Criação
» Estatuto Social
» Códigos, Manuais e Políticas
Complexos
  Complexo Eólico Acaraú
  » O Complexo
» Diretoria Executiva
» Conselho Fiscal
» Ato de Criação
» Estatuto Social
Complexo Eólico Famosa III
  » O Complexo
» Diretoria Executiva
» Conselho Fiscal
» Ato de Criação
» Estatuto Social
Complexo Eólico Fortim
  » O Complexo
» Diretoria Executiva
» Conselho Fiscal
» Ato de Criação
» Estatuto Social
Complexo Eólico Itaguaçu da Bahia
  » O Complexo
» Diretoria Executiva
» Conselho Fiscal
» Ato de Criação
» Estatuto Social
Contratos
  Contratos 2018
  » Contrato CT.BVE.001.2018
» Contrato CT.BVE.002.2018
» Contrato CT.BVE.003.2018
» Contrato CT.BVE.004.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.006.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.008.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.009.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.010.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.011.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.012.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.013.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.014.2018
» Contrato CT.EDV.ENG.016.2018
Contratos 2017
  » Contrato CT.BVE.001.2017
» Contrato CT.BVE.002.2017
» Contrato CT.BVE.003.2017
» Contrato CT.EDV.ADM.0002.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.001.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.002.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.003.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.004.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.005.2017
» Contrato CT.EDV.T.0006.2017
» Contrato CT.EDV.ENG.007.2017
Contratos 2014
  » Contrato EDV-DT 002/14
Publicações
  Brasil Ventos Energia
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Complexo Fornin
  Energia dos Ventos V
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Energia dos Ventos VI
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Energia dos Ventos VII
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Energia dos Ventos VIII
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Energia dos Ventos IX
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Complexo Famosa III
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Complexo Acaraú
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos

Complexo Itaguaçu da Bahia
  » Demonstrações Financeiras,
Notas Explicativas e Anexos